Propósito e motivação no trabalho | Talent Academy blog | Imagem: Freepik
Propósito e motivação no trabalho | Talent Academy blog | Imagem: Freepik

Propósito no trabalho: como e por que motivar sua equipe através dele?

Quem nunca se perguntou, em meio à rotina do escritório (seja ele presencial ou virtual), qual o significado de tudo aquilo? Afinal, entre tantos projetos, e-mails e reuniões, onde se encaixa aquele brilho no olhar que tínhamos no primeiro dia? A resposta pode estar numa palavrinha tão em voga, mas que ainda assim guarda profundidade: o propósito.

No mundo corporativo contemporâneo, a busca por propósito tem emergido como um dos principais motores de motivação para profissionais de diversos setores.

Não a toa, esse fator surgiu como um dos três principais motivadores no estudo sobre drivers motivacionais realizado pela Talent Academy em parceria com o IPEFEM.

Este artigo explora como o propósito no trabalho pode atuar como uma forma poderosa de motivação, impactando não apenas a satisfação individual, mas também a eficácia organizacional.

O propósito como motivador no trabalho

O propósito pode ser entendido como o desejo de impactar positivamente o mundo, guiado por um forte sentido de missão.

Profissionais motivados por um propósito tendem a basear suas decisões em valores e crenças, buscando posições que permitam influenciar a organização ou a política social de maneira significativa.

Esta orientação para o propósito transcende a busca tradicional por reconhecimento ou remuneração, colocando o significado e impacto no cerne da motivação profissional.

A bússola interna de cada colaborador

Quando falamos em propósito, estamos nos referindo àquela força interna que nos direciona, que dá cor e sabor às nossas atividades diárias. É aquilo que nos faz escolher um caminho em detrimento de outros, almejando não só um salário no final do mês, mas um legado, uma contribuição real ao mundo à nossa volta.

A jornada para descobrir e se alinhar com o próprio propósito é, por si só, transformadora. Ela nos leva a questionar não apenas o “o que” e o “como” fazemos, mas principalmente o “porquê”. E é nesse “porquê” que mora a motivação que não se abala fácil, que nos sustenta nos dias cinzentos e nos impulsiona a ir além.

Impacto do propósito no local de trabalho

Integrar o propósito ao ambiente de trabalho oferece múltiplos benefícios, tanto para os indivíduos quanto para as organizações.

  • Profissionais que identificam um alinhamento entre seus valores pessoais e os objetivos da empresa tendem a demonstrar maior engajamento, produtividade e lealdade. Além disso, equipes orientadas por um propósito comum são mais coesas, colaborativas e resilientes diante de desafios.
  • Para as organizações, cultivar uma cultura que valoriza o propósito pode ser um diferencial estratégico, atraindo e retendo talentos altamente motivados e alinhados com a missão da empresa. Isso se traduz em melhor desempenho organizacional, inovação e capacidade de adaptação a mudanças do mercado.

Cultura organizacional e o reflexo do propósito

Culturas organizacionais que ressoam com os valores de seus colaboradores têm algo em comum: elas florescem. Por quê? Simples: quando as pessoas veem seus valores refletidos nos valores da empresa, surge uma conexão genuína. E é dessa conexão que nasce uma motivação duradoura.

Não se trata de uma via de mão única. A empresa também se beneficia, e muito, ao proporcionar um ambiente onde o propósito não é só reconhecido, mas incentivado. Aliás, é essa troca que está moldando o futuro do trabalho e das relações humanas dentro das corporações.

O propósito e o futuro do RH

O RH do futuro? Ah, esse tem uma missão e tanto: ser o catalisador dessa busca por propósito. Esse RH antenado já percebeu que as competências técnicas são apenas parte da equação. As pessoas querem mais. Elas querem saber que seu trabalho ecoa, que faz a diferença, que tem significado.

E aqui entra uma habilidade chave: a empatia. Ao ouvir, entender e agir de acordo com as motivações profundas dos colaboradores, o RH moderno estará redefinindo o sucesso, criando não apenas equipes mais produtivas, mas mais felizes.

A arte de conectar pessoas aos seus propósitos

Então, como desbloquear essa motivação que parece estar adormecida? A chave pode estar na arte da conexão. Conectar pessoas aos seus propósitos, aos valores da empresa, aos grandes objetivos que todos compartilham. Essa conexão, quando bem estabelecida, transforma a rotina de trabalho em uma jornada de autoconhecimento e realização.

A ideia não é nova, mas sua execução é um eterno desafio. Requer curiosidade, uma boa dose de audácia e, acima de tudo, a crença inabalável de que cada um de nós tem algo único e valioso para oferecer.

Três estratégias para promover o propósito

  1. Definição clara de missão e valores: Organizações devem articular claramente sua missão e valores, permitindo que os profissionais vejam como seu trabalho contribui para objetivos maiores.
  2. Oportunidades de impacto: Criar oportunidades para que os colaboradores contribuam para iniciativas de impacto social ou ambiental fortalece o senso de propósito e satisfação no trabalho.
  3. Desenvolvimento profissional alinhado: Encorajar e apoiar o desenvolvimento de competências que estejam em sintonia com os valores individuais e organizacionais promove um maior alinhamento entre os profissionais e a empresa.

Estudo: Dados sobre propósito como motivador no trabalho

Um breve contexto da pesquisa

Para contextualizar, os dados numéricos do estudo feito por nós junto a Ipefem foram coletados através do assessment de mapeamento de perfil comportamental da Talent Academy – uma das ferramentas digitais proprietárias desenvolvidas pela HRtech.

Em específico, a dimensão do assessment que tratamos neste estudo é o da Motivação. Essa etapa ajuda o usuário a responder o que mais lhe traz energia, isto é, o que mais o engaja e motiva, fazendo seus olhos brilharem.

Inspirada em teorias da área da psicologia e desenvolvimento organizacional, essa dimensão do assessment mapeia dez motivadores (ou drivers motivacionais).

Nos resultados na plataforma da Talent Academy, usuário e gestor conseguem vê-los completos, com a porcentagem encontrada para cada um dos drivers. Porém, na versão mais resumida dos resultados, destacamos os três drivers com maior percentual mapeado, sendo estes os motivadores identificados como principais de determinada pessoa ou grupo.

No estudo, organizamos os dados por recorte social (filtros), trazendo os três maiores drivers de cada subgrupo. É interessante notar que entre os dez motivadores possíveis, apenas cinco motivadores apareceram como principais no decorrer da pesquisa. Entre eles, três se repetiram com mais força. E um deles foi justamente o propósito.

Principais dados: propósito e motivação por recortes sociais

A pesquisa elaborada pela Talent Academy contempla quatro recortes distintos para o estudo dos principais drivers motivacionais de diferentes subgrupos:

  • Gênero: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais para os dois subgrupos mapeados neste recorte no assessment: Masculino (41,8%) e Feminino (49,9%). Mais especificamente, é o 2º maior motivador para ambos (após desafio e antes de autonomia), trazendo mais motivação entre as mulheres.
  • Escolaridade: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais em todos os 5 subgrupos deste recorte: Fundamental, Médio, Técnico, Superior e Pós-Graduação. Ele está em 2º lugar em todos eles, com exceção ao subgrupo formado por pessoas pós-graduadas, em que o propósito é o 3º colocado (41,9%). Este driver teve percentual mais forte entre usuários com ensino médio à época da pesquisa (49,9%).
  • Cargo: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais em todos os 7 subgrupos deste recorte: Analista/Especialista, Autônomo, Liderança, C-Level/Diretor, Estagiário/Trainee, Estudante e Outros. Aqui, ele também está em geral como 2º colocado, e destaca-se sua maior porcentagem entre os estudantes (49,9%) e os C-Level/Diretor (59,2%).
  • Geração: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais em todas as gerações mapeadas: Gen Z, Gen Y, Gen X e Baby Boomer. Ele está em 2º lugar em todos eles, com exceção ao subgrupo formado por pelos baby boomers, em que o propósito é o 1º colocado (53,9%), seguido da geração Z, que tem o propósito praticamente empatado com seu driver número 1 (diferença de apenas 0,2%).

💡 Quer saber mais sobre o que realmente motiva os profissionais? Baixe o nosso estudo completo e gratuito sobre drivers motivacionais!

Conclusão: Propósito como fonte de motivação profissional

O propósito emerge como um poderoso motivador no ambiente de trabalho, impulsionando profissionais e equipes a atingirem seu potencial máximo enquanto contribuem para o bem maior.

Propósito é mais que uma palavra da moda; é a nova moeda do mundo corporativo. Empresas que compreendem seu valor estão na vanguarda, liderando não apenas em lucratividade, mas em inovação, satisfação e impacto social.

Agora, imagine um mundo onde cada colaborador acorda motivado, sabendo que seu trabalho não é apenas o que paga as contas, mas o que lhe nutre a alma. Esse é o poder do propósito. E esse é o futuro que queremos construir, um propósito de cada vez.

Para as organizações que desejam se destacar na era atual, investir em uma cultura que prioriza o propósito não é apenas uma forma de motivação ou uma questão de responsabilidade social, mas uma estratégia essencial para o sucesso sustentável.

A Talent Academy está na vanguarda dessa transformação, equipando profissionais e empresas com as ferramentas necessárias para navegar nessa nova dinâmica de trabalho.

💡 Quer motivar a sua equipe através de uma gestão com propósito? Entre já em contato com nossos especialistas!


Tags:

Cadastre-se

Se inscreva para receber as novidades da Talent Academy em primeira mão diretamente em seu e-mail

Conheça a solução
Assessment do Propósito

Entenda a fundo o perfil comportamental do seu time e desvende todo o seu potencial com o único assessment do mercado inspirado no ikigai

Saiba mais

A solução completa para o sucesso de colaboradores e empresas

Plataforma digital: ferramentas inteligentes para toda a jornada do colaborador

Programas de desenvolvimento: abordagem consultiva especializada e personalizada

Saiba mais

Posts Relacionados

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso | Blog da Talent Academy (Imagem: Freepik)

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso Você sabia que a autonomia no…

O que é a motivação no trabalho? | talent academy blog

O que é a motivação no trabalho?

O que é a motivação no trabalho? Para entender sobre motivação no trabalho, precisamos começar…

Gen Z e competências: dados sobre soft skills em diferentes gerações

Pesquisa da Talent Academy indica que a Gen Z pontua menos para habilidades como flexibilidade…

O que é a Talent Academy e por que ela é a solução ideal para sua gestão de pessoas?

A Talent Academy oferece uma abordagem multifacetada para a gestão de pessoas, combinando People Analytics…

Pronto(a) para transformar a gestão de pessoas na sua organização?

Propósito e motivação no trabalho | Talent Academy blog | Imagem: Freepik
Propósito e motivação no trabalho | Talent Academy blog | Imagem: Freepik

Propósito no trabalho: como e por que motivar sua equipe através dele?

Propósito no trabalho: como e por que motivar sua equipe através dele?

Quem nunca se perguntou, em meio à rotina do escritório (seja ele presencial ou virtual), qual o significado de tudo aquilo? Afinal, entre tantos projetos, e-mails e reuniões, onde se encaixa aquele brilho no olhar que tínhamos no primeiro dia? A resposta pode estar numa palavrinha tão em voga, mas que ainda assim guarda profundidade: o propósito.

No mundo corporativo contemporâneo, a busca por propósito tem emergido como um dos principais motores de motivação para profissionais de diversos setores.

Não a toa, esse fator surgiu como um dos três principais motivadores no estudo sobre drivers motivacionais realizado pela Talent Academy em parceria com o IPEFEM.

Este artigo explora como o propósito no trabalho pode atuar como uma forma poderosa de motivação, impactando não apenas a satisfação individual, mas também a eficácia organizacional.

O propósito como motivador no trabalho

O propósito pode ser entendido como o desejo de impactar positivamente o mundo, guiado por um forte sentido de missão.

Profissionais motivados por um propósito tendem a basear suas decisões em valores e crenças, buscando posições que permitam influenciar a organização ou a política social de maneira significativa.

Esta orientação para o propósito transcende a busca tradicional por reconhecimento ou remuneração, colocando o significado e impacto no cerne da motivação profissional.

A bússola interna de cada colaborador

Quando falamos em propósito, estamos nos referindo àquela força interna que nos direciona, que dá cor e sabor às nossas atividades diárias. É aquilo que nos faz escolher um caminho em detrimento de outros, almejando não só um salário no final do mês, mas um legado, uma contribuição real ao mundo à nossa volta.

A jornada para descobrir e se alinhar com o próprio propósito é, por si só, transformadora. Ela nos leva a questionar não apenas o “o que” e o “como” fazemos, mas principalmente o “porquê”. E é nesse “porquê” que mora a motivação que não se abala fácil, que nos sustenta nos dias cinzentos e nos impulsiona a ir além.

Impacto do propósito no local de trabalho

Integrar o propósito ao ambiente de trabalho oferece múltiplos benefícios, tanto para os indivíduos quanto para as organizações.

  • Profissionais que identificam um alinhamento entre seus valores pessoais e os objetivos da empresa tendem a demonstrar maior engajamento, produtividade e lealdade. Além disso, equipes orientadas por um propósito comum são mais coesas, colaborativas e resilientes diante de desafios.
  • Para as organizações, cultivar uma cultura que valoriza o propósito pode ser um diferencial estratégico, atraindo e retendo talentos altamente motivados e alinhados com a missão da empresa. Isso se traduz em melhor desempenho organizacional, inovação e capacidade de adaptação a mudanças do mercado.

Cultura organizacional e o reflexo do propósito

Culturas organizacionais que ressoam com os valores de seus colaboradores têm algo em comum: elas florescem. Por quê? Simples: quando as pessoas veem seus valores refletidos nos valores da empresa, surge uma conexão genuína. E é dessa conexão que nasce uma motivação duradoura.

Não se trata de uma via de mão única. A empresa também se beneficia, e muito, ao proporcionar um ambiente onde o propósito não é só reconhecido, mas incentivado. Aliás, é essa troca que está moldando o futuro do trabalho e das relações humanas dentro das corporações.

O propósito e o futuro do RH

O RH do futuro? Ah, esse tem uma missão e tanto: ser o catalisador dessa busca por propósito. Esse RH antenado já percebeu que as competências técnicas são apenas parte da equação. As pessoas querem mais. Elas querem saber que seu trabalho ecoa, que faz a diferença, que tem significado.

E aqui entra uma habilidade chave: a empatia. Ao ouvir, entender e agir de acordo com as motivações profundas dos colaboradores, o RH moderno estará redefinindo o sucesso, criando não apenas equipes mais produtivas, mas mais felizes.

A arte de conectar pessoas aos seus propósitos

Então, como desbloquear essa motivação que parece estar adormecida? A chave pode estar na arte da conexão. Conectar pessoas aos seus propósitos, aos valores da empresa, aos grandes objetivos que todos compartilham. Essa conexão, quando bem estabelecida, transforma a rotina de trabalho em uma jornada de autoconhecimento e realização.

A ideia não é nova, mas sua execução é um eterno desafio. Requer curiosidade, uma boa dose de audácia e, acima de tudo, a crença inabalável de que cada um de nós tem algo único e valioso para oferecer.

Três estratégias para promover o propósito

  1. Definição clara de missão e valores: Organizações devem articular claramente sua missão e valores, permitindo que os profissionais vejam como seu trabalho contribui para objetivos maiores.
  2. Oportunidades de impacto: Criar oportunidades para que os colaboradores contribuam para iniciativas de impacto social ou ambiental fortalece o senso de propósito e satisfação no trabalho.
  3. Desenvolvimento profissional alinhado: Encorajar e apoiar o desenvolvimento de competências que estejam em sintonia com os valores individuais e organizacionais promove um maior alinhamento entre os profissionais e a empresa.

Estudo: Dados sobre propósito como motivador no trabalho

Um breve contexto da pesquisa

Para contextualizar, os dados numéricos do estudo feito por nós junto a Ipefem foram coletados através do assessment de mapeamento de perfil comportamental da Talent Academy – uma das ferramentas digitais proprietárias desenvolvidas pela HRtech.

Em específico, a dimensão do assessment que tratamos neste estudo é o da Motivação. Essa etapa ajuda o usuário a responder o que mais lhe traz energia, isto é, o que mais o engaja e motiva, fazendo seus olhos brilharem.

Inspirada em teorias da área da psicologia e desenvolvimento organizacional, essa dimensão do assessment mapeia dez motivadores (ou drivers motivacionais).

Nos resultados na plataforma da Talent Academy, usuário e gestor conseguem vê-los completos, com a porcentagem encontrada para cada um dos drivers. Porém, na versão mais resumida dos resultados, destacamos os três drivers com maior percentual mapeado, sendo estes os motivadores identificados como principais de determinada pessoa ou grupo.

No estudo, organizamos os dados por recorte social (filtros), trazendo os três maiores drivers de cada subgrupo. É interessante notar que entre os dez motivadores possíveis, apenas cinco motivadores apareceram como principais no decorrer da pesquisa. Entre eles, três se repetiram com mais força. E um deles foi justamente o propósito.

Principais dados: propósito e motivação por recortes sociais

A pesquisa elaborada pela Talent Academy contempla quatro recortes distintos para o estudo dos principais drivers motivacionais de diferentes subgrupos:

  • Gênero: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais para os dois subgrupos mapeados neste recorte no assessment: Masculino (41,8%) e Feminino (49,9%). Mais especificamente, é o 2º maior motivador para ambos (após desafio e antes de autonomia), trazendo mais motivação entre as mulheres.
  • Escolaridade: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais em todos os 5 subgrupos deste recorte: Fundamental, Médio, Técnico, Superior e Pós-Graduação. Ele está em 2º lugar em todos eles, com exceção ao subgrupo formado por pessoas pós-graduadas, em que o propósito é o 3º colocado (41,9%). Este driver teve percentual mais forte entre usuários com ensino médio à época da pesquisa (49,9%).
  • Cargo: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais em todos os 7 subgrupos deste recorte: Analista/Especialista, Autônomo, Liderança, C-Level/Diretor, Estagiário/Trainee, Estudante e Outros. Aqui, ele também está em geral como 2º colocado, e destaca-se sua maior porcentagem entre os estudantes (49,9%) e os C-Level/Diretor (59,2%).
  • Geração: O propósito está entre os top 3 drivers motivacionais em todas as gerações mapeadas: Gen Z, Gen Y, Gen X e Baby Boomer. Ele está em 2º lugar em todos eles, com exceção ao subgrupo formado por pelos baby boomers, em que o propósito é o 1º colocado (53,9%), seguido da geração Z, que tem o propósito praticamente empatado com seu driver número 1 (diferença de apenas 0,2%).

💡 Quer saber mais sobre o que realmente motiva os profissionais? Baixe o nosso estudo completo e gratuito sobre drivers motivacionais!

Conclusão: Propósito como fonte de motivação profissional

O propósito emerge como um poderoso motivador no ambiente de trabalho, impulsionando profissionais e equipes a atingirem seu potencial máximo enquanto contribuem para o bem maior.

Propósito é mais que uma palavra da moda; é a nova moeda do mundo corporativo. Empresas que compreendem seu valor estão na vanguarda, liderando não apenas em lucratividade, mas em inovação, satisfação e impacto social.

Agora, imagine um mundo onde cada colaborador acorda motivado, sabendo que seu trabalho não é apenas o que paga as contas, mas o que lhe nutre a alma. Esse é o poder do propósito. E esse é o futuro que queremos construir, um propósito de cada vez.

Para as organizações que desejam se destacar na era atual, investir em uma cultura que prioriza o propósito não é apenas uma forma de motivação ou uma questão de responsabilidade social, mas uma estratégia essencial para o sucesso sustentável.

A Talent Academy está na vanguarda dessa transformação, equipando profissionais e empresas com as ferramentas necessárias para navegar nessa nova dinâmica de trabalho.

💡 Quer motivar a sua equipe através de uma gestão com propósito? Entre já em contato com nossos especialistas!