Confira o que é Gestão de Pessoas

Confira o que é gestão de pessoas e os seus 5 pilares

Você certamente já leu aqui em nosso blog sobre esse termo, mas você sabe o que é gestão de pessoas na prática? Leia atentamente o texto a seguir e entenda a importância de uma boa gestão para o funcionamento e crescimento da sua empresa.

Uma gestão pode ser auxiliada também por softwares e plataformas de desenvolvimento de pessoas. Programas que podem ajudar em relatórios e controle financeiro, quanto um software de prontuário eletrônico que vai otimizar a rotina de uma clínica, por exemplo.

O que é gestão de pessoas?

Gestão de Pessoas é um campo multidisciplinar que envolve práticas, estratégias e políticas voltadas para a administração eficaz das pessoas em uma organização, buscando entender e potencializar o capital humano como um recurso estratégico.

Sendo assim, vai além do tradicional conceito de “RH”, abrangendo desde a seleção e contratação de talentos até o desenvolvimento contínuo, motivação, engajamento e retenção de colaboradores.

Nesse sentido, a gestão de pessoas é o ato de cuidar de todas as pessoas envolvidas dentro de uma empresa para que juntos cresçam no âmbito pessoal e profissional. Todo esse desenvolvimento visa aumentar o desempenho da empresa.

Por isso, a gestão de pessoas se concentra não apenas em tarefas operacionais, mas também na criação de um ambiente propício para o crescimento e o alcance dos objetivos organizacionais.

Um dos principais objetivos de quem é responsável pela gestão de pessoas é conduzir os colaboradores da sua empresa no alcance de metas que foram estabelecidas pelas estratégias de negócio da organização. Para isso, é necessário o empenho na criação de uma confiança mútua entre os funcionários. Afinal, empresas são movidas por pessoas.

Também é a área de pessoas a grande guardiã da cultura da empresa, buscando sempre manter todos os colaboradores, independente dos níveis hierárquicos, alinhados com os valores, missão e propósito da empresa. 

Em empresas de menor porte, esta área está atrelada ao setor de recursos humanos ou departamento pessoal. Entretanto, em organizações maiores, por se tratar de um setor menos operacional que o de RH, ocorre essa divisão, e as tarefas são passadas para a área de People&Culture.

Como surgiu a gestão de pessoas?

Agora que já entendemos o que é gestão de pessoas, que tal entender como ela surgiu?

A origem da gestão de pessoas remonta à Revolução Industrial, período marcado por profundas mudanças sociais e econômicas que influenciaram a forma como o trabalho era realizado. Antes desse período, as atividades produtivas eram realizadas predominantemente em ambientes rurais, onde as relações de trabalho eram mais próximas e informais.

Com o advento da Revolução Industrial, as fábricas começaram a surgir, concentrando trabalhadores em um único local e introduzindo uma nova dinâmica nas relações de trabalho.

Nesse contexto, surgiu a necessidade de gerir de forma mais eficaz a força de trabalho. Assim, a gestão de pessoas, denominada Relações Industriais, começou a ganhar relevância.

Inicialmente, a abordagem dessa forma de administração de pessoal era predominantemente focada em questões burocráticas, como controle de horários, produtividade, salários e registros de empregados.

Dessa maneira, a ênfase estava na regulamentação do trabalho, garantindo que os processos operacionais fossem cumpridos de acordo com as regras.

No entanto, ao longo do tempo, houve uma mudança de paradigma à medida que se reconhecia a importância do fator humano no desempenho organizacional.

Assim, a gestão de pessoal evoluiu para a Gestão de Recursos Humanos, abraçando uma abordagem mais estratégica. Isso envolveu a introdução de práticas voltadas para o desenvolvimento dos colaboradores, como treinamento e avaliação de desempenho.

Mais recentemente, o termo evoluiu para Gestão de Pessoas, refletindo uma abordagem mais humanizada e centrada nas pessoas. Essa evolução representa uma mudança de foco: de um modelo tradicional baseado em tarefas para uma abordagem que considera as necessidades, motivações e aspirações individuais dos colaboradores.

Hoje, a Gestão de Pessoas abrange uma série de áreas, como recrutamento e seleção, desenvolvimento organizacional, gestão do desempenho, remuneração e benefícios, entre outras.

Além disso, com a crescente conscientização sobre a importância do ambiente de trabalho e do bem-estar dos colaboradores, surgiu a Gestão de Pessoas como uma prática que busca criar um ambiente saudável, inclusivo e motivador.

Quais são os 5 pilares da gestão de pessoas?

A Gestão de Pessoas, como prática fundamental para o sucesso de uma organização, é sustentada por cinco pilares essenciais que orientam a maneira como as empresas interagem, desenvolvem e promovem seus colaboradores.

Esses pilares, interligados e complementares, formam a base para o cultivo de um ambiente de trabalho produtivo, engajado e voltado para o crescimento mútuo. Acompanhe!

1. Motivação

Garantir que todos os colaboradores se sintam inseridos e conscientes de seu papel para um bom funcionamento da organização é essencial. Entender a motivação de seus funcionários, fará o(a) gestor(a) entender o que mais motiva e engaja o seu time, ou seja, o que faz seus olhos brilharem.

Com isso, o gestor deve sempre buscar extrair o melhor de seu colaborador, sempre buscando utilizar People Analytics. É importante também que o responsável tenha a sensibilidade de nunca expor um colaborador, usando por exemplo, uma ferramenta de pesquisa de clima anonimizada. 

Empresas que não olham para a gestão de pessoas como parte da estratégia, é comum encontrar pessoas desmotivadas, desengajadas, e muitas vezes produzindo o mínimo possível para a função que a mesma exerce.

Portanto, para que o(a) gestor(a) tenha sucesso na sua função é válido que ele siga algumas dicas:

Conhecer seus colaboradores

Realizar o mapeamento de perfil time fará o(a) gestor(a) entender que antes de serem profissionais, os colaboradores possuem uma vida, as vezes com alguns problemas, por isso precisam ser ouvidos e respeitados.

Criar metas em conjunto

Compreender as demandas da empresa e manter que seus colaboradores sempre se mantenham desafiados para maiores conquistas. 

Garantir boas condições de trabalho

Um bom ambiente de trabalho vai muito além de benefícios financeiros exorbitantes. É preciso que o colaborador se sinta valorizado quando atinge outras conquistas.

2. Comunicação clara

Um(a) gestor(a) precisa se preocupar de sempre comunicar suas demandas de forma objetiva, para que ruídos de informações sejam cada vez menos frequentes. Com isso, os processos da rotina de trabalho e as relações interpessoais não são postas a prova. 

É papel não apenas da área de gestão de pessoas estimular uma comunicação clara. Cada vez mais, a horizontalização nas empresas vem se tornando frequente, diminuindo assim o contraste hierárquico que certas empresas podem ter. Colaboradores de todos os níveis precisam ter espaço de fala, além de serem ouvidos. 

Para isso é preciso aumentar a troca de informações e conhecimento entre os profissionais. Quando uma empresa possui uma comunicação interna bem estruturada os funcionários têm maior clareza ao executarem suas funções.

pesquisa clima, o radar é uma ferramenta da talent academy
Conheça o Radar, ferramenta que acompanha os indicadores de experiência dos seus funcionários.

3. Trabalho em equipe

É a famosa expressão duas cabeças pensam melhor que uma! Ou seja, é necessário estimular a troca de conhecimento para que todos juntos cheguem a alternativas mais apropriadas para o dia a dia da empresa.

Nesse pilar, os(as) gestores(a) devem destacar e incentivar o que cada colaborador tem de melhor. Com isso, pode fazer com que seus talentos percebam que são muito melhores em equipe.

Incentivar a colaboração também é uma forma de construir confiança entre o talento e seus líderes. Os profissionais podem expressar suas opiniões e ideias com mais liberdade, o que influencia diretamente a inovação entre os colaboradores. 

4. Desenvolvimento

Os líderes têm um papel decisivo em querer o melhor time na sua empresa. Afinal, desenvolver seus funcionários passou a ser uma vantagem competitiva, além de ser uma maneira de retorno ainda maior para a empresa.

Incentivar e investir no desenvolvimento de todos os seus talentos é uma das formas de garantir que eles se sintam protagonistas da sua própria carreira. Profissionais mais qualificados serão mais inovadores e mais realizados na empresa.

produto: jornada de desenvolvimento
Conheça a Jornada de Desenvolvimento, para o mapeamento e desenvolvimento de competências dos colaboradores, oferecemos 2 ferramentas complementares: o Mapa e a Jornada de desenvolvimento

5. Gestão do desempenho

Este pilar surge através da necessidade de mensurar a performance dos colaboradores, ou seja, avaliar o que vem sendo feito no dia de trabalho de cada trabalhador. Por isso, é cada vez mais comum ver empresas usando plataformas de sucesso do colaborador.

Com isso, torna-se mais fácil o entendimento do colaborador acerca de suas obrigações e metas. A implementação da rotina de extrair relatórios de People Analytics é uma maneira de acompanhar o desempenho do time.

Relatórios esses que podem ser feitos e disponibilizados através de softwares, que podem ser acessados por qualquer líder de pessoas, de diversas áreas da empresa. A empresa precisa funcionar como uma engrenagem, encaixando perfeitamente.

Qual é a importância da gestão de pessoas?

Como exploramos neste artigo, a gestão de pessoas não é apenas um aspecto técnico, mas sim um diferencial estratégico para as organizações. Uma abordagem centrada nas pessoas aumenta a retenção de talentos, impulsiona a produtividade, diminui o absenteísmo e melhora a reputação da empresa no mercado.

A gestão de pessoas também está alinhada com a eficiência operaciona, já que uma equipe bem coordenada, motivada e treinada pode otimizar processos e reduzir custos.

Além disso, a gestão eficaz de equipes multigeracionais, com habilidades e expectativas diversas, é fundamental para garantir a inovação e a adaptação contínua. Em um mundo em constante mudança, a gestão de pessoas desempenha um papel crucial na construção de uma força de trabalho resiliente e ágil.

Por isso, a gestão de pessoas é muito importante para as organizações, uma vez que ela influencia diretamente o desempenho organizacional e a cultura corporativa

Conclusão

Ficou claro os principais pontos a serem seguidos para o sucesso do colaborador da sua empresa? Então, a partir desse conhecimento, busque investir cada vez mais em um política de incentivo ao seu colaborador. 

Invista no desenvolvimento do setor de gestão de pessoas para que a engrenagem da sua organização funcione de uma maneira mais produtiva e atrativa para seus colaboradores. A área de gestão de pessoas deve ser tratada como estratégica, assim como as áreas mais tradicionais, como a financeira.

Lembre-se, um colaborador feliz, é um profissional mais empenhado e disposto a atingir os objetivos traçados pela a empresa. Um ambiente de trabalho saudável fortalece os laços interpessoais e aumenta a cooperação de todos os envolvidos.

Agora é a vez de você pôr em prática todo o conhecimento adquirido sobre gestão de pessoas e elevar a produção e a paixão dos seus colaboradores para com a sua empresa.

Plataforma completa para o RH garantir o Sucesso do Colaborador Talent Academy
Plataforma completa para o RH garantir o Sucesso do Colaborador Talent Academy

Cadastre-se

Se inscreva para receber as novidades da Talent Academy em primeira mão diretamente em seu e-mail

Conheça a solução
Assessment do Propósito

Entenda a fundo o perfil comportamental do seu time e desvende todo o seu potencial com o único assessment do mercado inspirado no ikigai

Saiba mais

A solução completa para o sucesso de colaboradores e empresas

Plataforma digital: ferramentas inteligentes para toda a jornada do colaborador

Programas de desenvolvimento: abordagem consultiva especializada e personalizada

Saiba mais

Posts Relacionados

Propósito e motivação no trabalho | Talent Academy blog | Imagem: Freepik

Propósito no trabalho: como e por que motivar sua equipe através dele?

Propósito no trabalho: como e por que motivar sua equipe através dele? Quem nunca se…

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso | Blog da Talent Academy (Imagem: Freepik)

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso Você sabia que a autonomia no…

O que é a motivação no trabalho? | talent academy blog

O que é a motivação no trabalho?

O que é a motivação no trabalho? Para entender sobre motivação no trabalho, precisamos começar…

Gen Z e competências: dados sobre soft skills em diferentes gerações

Pesquisa da Talent Academy indica que a Gen Z pontua menos para habilidades como flexibilidade…

Pronto(a) para transformar a gestão de pessoas na sua organização?

Confira o que é Gestão de Pessoas

Confira o que é gestão de pessoas e os seus 5 pilares

Confira o que é gestão de pessoas e os seus 5 pilares

Você certamente já leu aqui em nosso blog sobre esse termo, mas você sabe o que é gestão de pessoas na prática? Leia atentamente o texto a seguir e entenda a importância de uma boa gestão para o funcionamento e crescimento da sua empresa.

Uma gestão pode ser auxiliada também por softwares e plataformas de desenvolvimento de pessoas. Programas que podem ajudar em relatórios e controle financeiro, quanto um software de prontuário eletrônico que vai otimizar a rotina de uma clínica, por exemplo.

O que é gestão de pessoas?

Gestão de Pessoas é um campo multidisciplinar que envolve práticas, estratégias e políticas voltadas para a administração eficaz das pessoas em uma organização, buscando entender e potencializar o capital humano como um recurso estratégico.

Sendo assim, vai além do tradicional conceito de “RH”, abrangendo desde a seleção e contratação de talentos até o desenvolvimento contínuo, motivação, engajamento e retenção de colaboradores.

Nesse sentido, a gestão de pessoas é o ato de cuidar de todas as pessoas envolvidas dentro de uma empresa para que juntos cresçam no âmbito pessoal e profissional. Todo esse desenvolvimento visa aumentar o desempenho da empresa.

Por isso, a gestão de pessoas se concentra não apenas em tarefas operacionais, mas também na criação de um ambiente propício para o crescimento e o alcance dos objetivos organizacionais.

Um dos principais objetivos de quem é responsável pela gestão de pessoas é conduzir os colaboradores da sua empresa no alcance de metas que foram estabelecidas pelas estratégias de negócio da organização. Para isso, é necessário o empenho na criação de uma confiança mútua entre os funcionários. Afinal, empresas são movidas por pessoas.

Também é a área de pessoas a grande guardiã da cultura da empresa, buscando sempre manter todos os colaboradores, independente dos níveis hierárquicos, alinhados com os valores, missão e propósito da empresa. 

Em empresas de menor porte, esta área está atrelada ao setor de recursos humanos ou departamento pessoal. Entretanto, em organizações maiores, por se tratar de um setor menos operacional que o de RH, ocorre essa divisão, e as tarefas são passadas para a área de People&Culture.

Como surgiu a gestão de pessoas?

Agora que já entendemos o que é gestão de pessoas, que tal entender como ela surgiu?

A origem da gestão de pessoas remonta à Revolução Industrial, período marcado por profundas mudanças sociais e econômicas que influenciaram a forma como o trabalho era realizado. Antes desse período, as atividades produtivas eram realizadas predominantemente em ambientes rurais, onde as relações de trabalho eram mais próximas e informais.

Com o advento da Revolução Industrial, as fábricas começaram a surgir, concentrando trabalhadores em um único local e introduzindo uma nova dinâmica nas relações de trabalho.

Nesse contexto, surgiu a necessidade de gerir de forma mais eficaz a força de trabalho. Assim, a gestão de pessoas, denominada Relações Industriais, começou a ganhar relevância.

Inicialmente, a abordagem dessa forma de administração de pessoal era predominantemente focada em questões burocráticas, como controle de horários, produtividade, salários e registros de empregados.

Dessa maneira, a ênfase estava na regulamentação do trabalho, garantindo que os processos operacionais fossem cumpridos de acordo com as regras.

No entanto, ao longo do tempo, houve uma mudança de paradigma à medida que se reconhecia a importância do fator humano no desempenho organizacional.

Assim, a gestão de pessoal evoluiu para a Gestão de Recursos Humanos, abraçando uma abordagem mais estratégica. Isso envolveu a introdução de práticas voltadas para o desenvolvimento dos colaboradores, como treinamento e avaliação de desempenho.

Mais recentemente, o termo evoluiu para Gestão de Pessoas, refletindo uma abordagem mais humanizada e centrada nas pessoas. Essa evolução representa uma mudança de foco: de um modelo tradicional baseado em tarefas para uma abordagem que considera as necessidades, motivações e aspirações individuais dos colaboradores.

Hoje, a Gestão de Pessoas abrange uma série de áreas, como recrutamento e seleção, desenvolvimento organizacional, gestão do desempenho, remuneração e benefícios, entre outras.

Além disso, com a crescente conscientização sobre a importância do ambiente de trabalho e do bem-estar dos colaboradores, surgiu a Gestão de Pessoas como uma prática que busca criar um ambiente saudável, inclusivo e motivador.

Quais são os 5 pilares da gestão de pessoas?

A Gestão de Pessoas, como prática fundamental para o sucesso de uma organização, é sustentada por cinco pilares essenciais que orientam a maneira como as empresas interagem, desenvolvem e promovem seus colaboradores.

Esses pilares, interligados e complementares, formam a base para o cultivo de um ambiente de trabalho produtivo, engajado e voltado para o crescimento mútuo. Acompanhe!

1. Motivação

Garantir que todos os colaboradores se sintam inseridos e conscientes de seu papel para um bom funcionamento da organização é essencial. Entender a motivação de seus funcionários, fará o(a) gestor(a) entender o que mais motiva e engaja o seu time, ou seja, o que faz seus olhos brilharem.

Com isso, o gestor deve sempre buscar extrair o melhor de seu colaborador, sempre buscando utilizar People Analytics. É importante também que o responsável tenha a sensibilidade de nunca expor um colaborador, usando por exemplo, uma ferramenta de pesquisa de clima anonimizada. 

Empresas que não olham para a gestão de pessoas como parte da estratégia, é comum encontrar pessoas desmotivadas, desengajadas, e muitas vezes produzindo o mínimo possível para a função que a mesma exerce.

Portanto, para que o(a) gestor(a) tenha sucesso na sua função é válido que ele siga algumas dicas:

Conhecer seus colaboradores

Realizar o mapeamento de perfil time fará o(a) gestor(a) entender que antes de serem profissionais, os colaboradores possuem uma vida, as vezes com alguns problemas, por isso precisam ser ouvidos e respeitados.

Criar metas em conjunto

Compreender as demandas da empresa e manter que seus colaboradores sempre se mantenham desafiados para maiores conquistas. 

Garantir boas condições de trabalho

Um bom ambiente de trabalho vai muito além de benefícios financeiros exorbitantes. É preciso que o colaborador se sinta valorizado quando atinge outras conquistas.

2. Comunicação clara

Um(a) gestor(a) precisa se preocupar de sempre comunicar suas demandas de forma objetiva, para que ruídos de informações sejam cada vez menos frequentes. Com isso, os processos da rotina de trabalho e as relações interpessoais não são postas a prova. 

É papel não apenas da área de gestão de pessoas estimular uma comunicação clara. Cada vez mais, a horizontalização nas empresas vem se tornando frequente, diminuindo assim o contraste hierárquico que certas empresas podem ter. Colaboradores de todos os níveis precisam ter espaço de fala, além de serem ouvidos. 

Para isso é preciso aumentar a troca de informações e conhecimento entre os profissionais. Quando uma empresa possui uma comunicação interna bem estruturada os funcionários têm maior clareza ao executarem suas funções.

pesquisa clima, o radar é uma ferramenta da talent academy
Conheça o Radar, ferramenta que acompanha os indicadores de experiência dos seus funcionários.

3. Trabalho em equipe

É a famosa expressão duas cabeças pensam melhor que uma! Ou seja, é necessário estimular a troca de conhecimento para que todos juntos cheguem a alternativas mais apropriadas para o dia a dia da empresa.

Nesse pilar, os(as) gestores(a) devem destacar e incentivar o que cada colaborador tem de melhor. Com isso, pode fazer com que seus talentos percebam que são muito melhores em equipe.

Incentivar a colaboração também é uma forma de construir confiança entre o talento e seus líderes. Os profissionais podem expressar suas opiniões e ideias com mais liberdade, o que influencia diretamente a inovação entre os colaboradores. 

4. Desenvolvimento

Os líderes têm um papel decisivo em querer o melhor time na sua empresa. Afinal, desenvolver seus funcionários passou a ser uma vantagem competitiva, além de ser uma maneira de retorno ainda maior para a empresa.

Incentivar e investir no desenvolvimento de todos os seus talentos é uma das formas de garantir que eles se sintam protagonistas da sua própria carreira. Profissionais mais qualificados serão mais inovadores e mais realizados na empresa.

produto: jornada de desenvolvimento
Conheça a Jornada de Desenvolvimento, para o mapeamento e desenvolvimento de competências dos colaboradores, oferecemos 2 ferramentas complementares: o Mapa e a Jornada de desenvolvimento

5. Gestão do desempenho

Este pilar surge através da necessidade de mensurar a performance dos colaboradores, ou seja, avaliar o que vem sendo feito no dia de trabalho de cada trabalhador. Por isso, é cada vez mais comum ver empresas usando plataformas de sucesso do colaborador.

Com isso, torna-se mais fácil o entendimento do colaborador acerca de suas obrigações e metas. A implementação da rotina de extrair relatórios de People Analytics é uma maneira de acompanhar o desempenho do time.

Relatórios esses que podem ser feitos e disponibilizados através de softwares, que podem ser acessados por qualquer líder de pessoas, de diversas áreas da empresa. A empresa precisa funcionar como uma engrenagem, encaixando perfeitamente.

Qual é a importância da gestão de pessoas?

Como exploramos neste artigo, a gestão de pessoas não é apenas um aspecto técnico, mas sim um diferencial estratégico para as organizações. Uma abordagem centrada nas pessoas aumenta a retenção de talentos, impulsiona a produtividade, diminui o absenteísmo e melhora a reputação da empresa no mercado.

A gestão de pessoas também está alinhada com a eficiência operaciona, já que uma equipe bem coordenada, motivada e treinada pode otimizar processos e reduzir custos.

Além disso, a gestão eficaz de equipes multigeracionais, com habilidades e expectativas diversas, é fundamental para garantir a inovação e a adaptação contínua. Em um mundo em constante mudança, a gestão de pessoas desempenha um papel crucial na construção de uma força de trabalho resiliente e ágil.

Por isso, a gestão de pessoas é muito importante para as organizações, uma vez que ela influencia diretamente o desempenho organizacional e a cultura corporativa

Conclusão

Ficou claro os principais pontos a serem seguidos para o sucesso do colaborador da sua empresa? Então, a partir desse conhecimento, busque investir cada vez mais em um política de incentivo ao seu colaborador. 

Invista no desenvolvimento do setor de gestão de pessoas para que a engrenagem da sua organização funcione de uma maneira mais produtiva e atrativa para seus colaboradores. A área de gestão de pessoas deve ser tratada como estratégica, assim como as áreas mais tradicionais, como a financeira.

Lembre-se, um colaborador feliz, é um profissional mais empenhado e disposto a atingir os objetivos traçados pela a empresa. Um ambiente de trabalho saudável fortalece os laços interpessoais e aumenta a cooperação de todos os envolvidos.

Agora é a vez de você pôr em prática todo o conhecimento adquirido sobre gestão de pessoas e elevar a produção e a paixão dos seus colaboradores para com a sua empresa.

Plataforma completa para o RH garantir o Sucesso do Colaborador Talent Academy
Plataforma completa para o RH garantir o Sucesso do Colaborador Talent Academy