Como liderar minha equipe após um layoff? | talent academy blog
Créditos: Image by nakaridore on Freepik

Como liderar minha equipe após um layoff?

Liderar pessoas já é bastante desafiador. Liderar após um layoff, mais ainda.

As reverberações negativas de um lay-off podem ser sentidas em todos os níveis de uma organização, das pessoas demitidas às pessoas remanescentes.

Assim, é válido lembrar que a gestão que permaneceu também pode estar enfrentando preocupações neste cenário. Por exemplo, há a pressão para produzir bons resultados com uma força de trabalho reduzida.

Mas é nesses momentos que os colaboradores mais precisam do apoio da liderança, incluindo mais tempo para processar a perda de seus colegas e da garantia de que seus empregos estão seguros.

A boa notícia é que, segundo os dados de um estudo recente da Leadership IQ, os colaboradores que sentiam seus gestores como transparentes, acessíveis e abertos após um lay-off:

  • Tiveram aproximadamente 70% menos chances de relatar uma redução na produtividade;
  • E 65% menos chances de relatar uma queda na qualidade das ofertas da organização.

Números como esses mostram que as lideranças podem fazer uma grande diferença em ajudar os colaboradores retidos a lidar com sua “culpa de sobrevivente”.

Portanto, sim: é possível reduzir os danos ou até mesmo prevenir reverberações negativas como o turnover dos funcionários remanescentes!

Estratégias para apoiar sua atual equipe após um layoff

Conheça algumas estratégias para liderar após um layoff apoiando a atual equipe:

Respeito e transparência no processo

  • Reconheça os sentimentos: Validar os sentimentos de incerteza, perda e culpa dos membros remanescentes é importante para reestabelecer a motivação da atual equipe;
  • Honre as contribuições: Reconheça o legado dos colegas dispensados, e incentive o pessoal retido a entrar em contato e oferecer suporte aos colegas demitidos;
  • Comunicação sincera e transparente: Explique de forma clara e efetiva as razões das decisões de redução da empresa e planos futuros, compartilhando informações relevantes para reduzir ansiedade e toxicidade. Por exemplo: Compartilhe como a empresa irá ajudar os demitidos; se alguns funcionários foram licenciados em vez de demitidos e há planos para recontratá-los quando as condições econômicas melhorarem, esclareça isso também.

Adaptação pós-layoff

  • Ajuste a carga de trabalho: Redefina tarefas e prioridades para a adaptação a novas demandas, equilibrando a carga de trabalho para garantir que a equipe trabalhe de forma sustentável;
  • Reavalie objetivos e metas: Repense os objetivos da equipe para torná-los realistas e alcançáveis. Isso evitará frustrações e auxiliará na motivação dos colaboradores;
  • Foco na coesão da equipe: Realize atividades de construção de equipe (team building) para fortalecer a colaboração, ajudando os funcionários a trabalharem juntos de forma eficaz após as mudanças na equipe.

Lidando com o impacto emocional

  • Lidere com empatia: Demonstre empatia e sensibilidade para manter a confiança e a lealdade dos colaboradores. Entender suas preocupações e fornecer apoio é fundamental para estabilizar o ambiente de trabalho. Ao priorizar o bem-estar do time, os líderes podem ajudá-lo a enfrentar a culpa de sobrevivente e manter o engajamento e o comprometimento da equipe;
  • Comunicação consistente e reconfortante: Comunique-se com consistência para reconfortar os funcionários em tempos de crise e mitigar a culpa de sobrevivente;
  • Expressão de emoções e compartilhamento de experiências: Encoraje a abertura sobre emoções e preocupações para aliviar o estresse e promover um ambiente compreensivo. Realize reuniões, fóruns abertos ou sessões de discussão para permitir que os colaboradores expressem o que estão sentindo.

Oferecendo suporte e oportunidades

  • Forneça suporte e recursos: Proporcione apoio emocional, aconselhamento, treinamentos e orientação de carreira;
  • Foco no desenvolvimento profissional: Ofereça programas de desenvolvimento, mentoria e oportunidades de crescimento;
  • Realize pesquisas com os colaboradores: Identifique preocupações específicas dos colaboradores por meio de pesquisas, como de clima organizacional, para priorizar melhorias.

Ao implementar essas estratégias e priorizar o bem-estar e engajamento dos funcionários, as organizações podem evitar a rotatividade voluntária e criar um ambiente de trabalho mais apoiador após demissões. E assim, garantindo a sustentabilidade de sua força de trabalho a longo prazo.

Reduzindo danos do layoff: lidere com propósito

Lidar com os impactos de um lay-off não é uma tarefa fácil para pessoas colaboradoras, gestoras e líderes. No entanto, com empatia, comunicação clara e ações proativas, é possível superar esse momento desafiador e encontrar oportunidades de crescimento.

É preciso abordar a situação de forma transparente. Apoiando os funcionários e criando um ambiente de trabalho positivo para restaurar a moral da equipe e aumentar a produtividade.

Ao manter o foco na resiliência e no apoio mútuo, as empresas podem construir um ambiente mais saudável e estável para todos os envolvidos, trazendo uma nova perspectiva em meio à adversidade.

Além disso, mostrar como o trabalho dos colaboradores remanescentes contribuem para os objetivos da organização, ajuda a conectar o time ao propósito do trabalho.

Por isso, associe o trabalho das pessoas aos valores e propósito da organização, mostrando como eles estão fazendo a diferença na vida de clientes, colegas e comunidades.

Afinal, a força de um time é testada em tempos de crise, e é com a colaboração de todos(as) que o sucesso será alcançado em uma empresa pós-layoff!

Gostou do conteúdo? Então aprofunde-se lendo o completo: Lidando com o lay-off – como manejar o impacto no atual time!


Que tal uma gestão de pessoas mais humanizada?

Talent Academy possui uma solução completa, que combina people analytics e people intelligence para apoiar as organizações que almejam uma gestão de pessoas mais eficiente e humanizada. Para entender como podemos ajudá-lo(a) nessa importante jornada, fale com um(a) especialista!

Cadastre-se

Se inscreva para receber as novidades da Talent Academy em primeira mão diretamente em seu e-mail

Conheça a solução
Assessment do Propósito

Entenda a fundo o perfil comportamental do seu time e desvende todo o seu potencial com o único assessment do mercado inspirado no ikigai

Saiba mais

A solução completa para o sucesso de colaboradores e empresas

Plataforma digital: ferramentas inteligentes para toda a jornada do colaborador

Programas de desenvolvimento: abordagem consultiva especializada e personalizada

Saiba mais

Posts Relacionados

Liderança Multigeracional: Estratégias para Diversas Gerações

Liderança Multigeracional: Estratégias para Diversas Gerações Ao longo dos anos, o mercado de trabalho tem…

Como reduzir o turnover na sua empresa

Turnover: saiba como reduzir a rotatividade de pessoal na sua empresa

Turnover: como reduzir a rotatividade de pessoal na sua empresa A rotatividade de pessoal (ou…

Employee experience: tudo (ou quase) sobre experiência do colaborador

Employee experience: tudo (ou quase) sobre experiência do colaborador No atual cenário corporativo, a experiência…

Gestão de conflitos: como resolver problemas no ambiente de trabalho?

Gestão de conflitos: como resolver problemas no ambiente de trabalho? No dinâmico mundo corporativo, a…

Pronto(a) para transformar a gestão de pessoas na sua organização?

Como liderar minha equipe após um layoff? | talent academy blog
Créditos: Image by nakaridore on Freepik

Como liderar minha equipe após um layoff?

Como liderar minha equipe após um layoff?

Liderar pessoas já é bastante desafiador. Liderar após um layoff, mais ainda.

As reverberações negativas de um lay-off podem ser sentidas em todos os níveis de uma organização, das pessoas demitidas às pessoas remanescentes.

Assim, é válido lembrar que a gestão que permaneceu também pode estar enfrentando preocupações neste cenário. Por exemplo, há a pressão para produzir bons resultados com uma força de trabalho reduzida.

Mas é nesses momentos que os colaboradores mais precisam do apoio da liderança, incluindo mais tempo para processar a perda de seus colegas e da garantia de que seus empregos estão seguros.

A boa notícia é que, segundo os dados de um estudo recente da Leadership IQ, os colaboradores que sentiam seus gestores como transparentes, acessíveis e abertos após um lay-off:

  • Tiveram aproximadamente 70% menos chances de relatar uma redução na produtividade;
  • E 65% menos chances de relatar uma queda na qualidade das ofertas da organização.

Números como esses mostram que as lideranças podem fazer uma grande diferença em ajudar os colaboradores retidos a lidar com sua “culpa de sobrevivente”.

Portanto, sim: é possível reduzir os danos ou até mesmo prevenir reverberações negativas como o turnover dos funcionários remanescentes!

Estratégias para apoiar sua atual equipe após um layoff

Conheça algumas estratégias para liderar após um layoff apoiando a atual equipe:

Respeito e transparência no processo

  • Reconheça os sentimentos: Validar os sentimentos de incerteza, perda e culpa dos membros remanescentes é importante para reestabelecer a motivação da atual equipe;
  • Honre as contribuições: Reconheça o legado dos colegas dispensados, e incentive o pessoal retido a entrar em contato e oferecer suporte aos colegas demitidos;
  • Comunicação sincera e transparente: Explique de forma clara e efetiva as razões das decisões de redução da empresa e planos futuros, compartilhando informações relevantes para reduzir ansiedade e toxicidade. Por exemplo: Compartilhe como a empresa irá ajudar os demitidos; se alguns funcionários foram licenciados em vez de demitidos e há planos para recontratá-los quando as condições econômicas melhorarem, esclareça isso também.

Adaptação pós-layoff

  • Ajuste a carga de trabalho: Redefina tarefas e prioridades para a adaptação a novas demandas, equilibrando a carga de trabalho para garantir que a equipe trabalhe de forma sustentável;
  • Reavalie objetivos e metas: Repense os objetivos da equipe para torná-los realistas e alcançáveis. Isso evitará frustrações e auxiliará na motivação dos colaboradores;
  • Foco na coesão da equipe: Realize atividades de construção de equipe (team building) para fortalecer a colaboração, ajudando os funcionários a trabalharem juntos de forma eficaz após as mudanças na equipe.

Lidando com o impacto emocional

  • Lidere com empatia: Demonstre empatia e sensibilidade para manter a confiança e a lealdade dos colaboradores. Entender suas preocupações e fornecer apoio é fundamental para estabilizar o ambiente de trabalho. Ao priorizar o bem-estar do time, os líderes podem ajudá-lo a enfrentar a culpa de sobrevivente e manter o engajamento e o comprometimento da equipe;
  • Comunicação consistente e reconfortante: Comunique-se com consistência para reconfortar os funcionários em tempos de crise e mitigar a culpa de sobrevivente;
  • Expressão de emoções e compartilhamento de experiências: Encoraje a abertura sobre emoções e preocupações para aliviar o estresse e promover um ambiente compreensivo. Realize reuniões, fóruns abertos ou sessões de discussão para permitir que os colaboradores expressem o que estão sentindo.

Oferecendo suporte e oportunidades

  • Forneça suporte e recursos: Proporcione apoio emocional, aconselhamento, treinamentos e orientação de carreira;
  • Foco no desenvolvimento profissional: Ofereça programas de desenvolvimento, mentoria e oportunidades de crescimento;
  • Realize pesquisas com os colaboradores: Identifique preocupações específicas dos colaboradores por meio de pesquisas, como de clima organizacional, para priorizar melhorias.

Ao implementar essas estratégias e priorizar o bem-estar e engajamento dos funcionários, as organizações podem evitar a rotatividade voluntária e criar um ambiente de trabalho mais apoiador após demissões. E assim, garantindo a sustentabilidade de sua força de trabalho a longo prazo.

Reduzindo danos do layoff: lidere com propósito

Lidar com os impactos de um lay-off não é uma tarefa fácil para pessoas colaboradoras, gestoras e líderes. No entanto, com empatia, comunicação clara e ações proativas, é possível superar esse momento desafiador e encontrar oportunidades de crescimento.

É preciso abordar a situação de forma transparente. Apoiando os funcionários e criando um ambiente de trabalho positivo para restaurar a moral da equipe e aumentar a produtividade.

Ao manter o foco na resiliência e no apoio mútuo, as empresas podem construir um ambiente mais saudável e estável para todos os envolvidos, trazendo uma nova perspectiva em meio à adversidade.

Além disso, mostrar como o trabalho dos colaboradores remanescentes contribuem para os objetivos da organização, ajuda a conectar o time ao propósito do trabalho.

Por isso, associe o trabalho das pessoas aos valores e propósito da organização, mostrando como eles estão fazendo a diferença na vida de clientes, colegas e comunidades.

Afinal, a força de um time é testada em tempos de crise, e é com a colaboração de todos(as) que o sucesso será alcançado em uma empresa pós-layoff!

Gostou do conteúdo? Então aprofunde-se lendo o completo: Lidando com o lay-off – como manejar o impacto no atual time!


Que tal uma gestão de pessoas mais humanizada?

Talent Academy possui uma solução completa, que combina people analytics e people intelligence para apoiar as organizações que almejam uma gestão de pessoas mais eficiente e humanizada. Para entender como podemos ajudá-lo(a) nessa importante jornada, fale com um(a) especialista!