#01: O Novo Normal – O futuro da gestão de pessoas já chegou!

O (não tão) novo normal: o futuro da gestão de pessoas já é hoje

Você já parou para pensar em como a pandemia influenciou a transformação da área de RH e da gestão de pessoas? E também, em como influenciou qual o papel, hoje, de uma organização? O futuro do trabalho e da gestão de pessoas?

O “novo normal” é um termo que surgiu nesse contexto. Se refere às mudanças significativas que ocorreram em nossas vidas diárias e na relação com o mundo, em resposta à crise de saúde global. Inclusive, na esfera do trabalho e em um cenário de acelerada transformação digital.

O tal do novo normal pode parecer um tema já “batido”, pois foi amplamente abordado na mídia e na sociedade em geral desde o início da pandemia. No entanto, é importante notar que, na prática, o “novo normal” ainda é, sim, uma realidade para muitas pessoas. Além do mais, o novo, hoje, está sempre se atualizando. Aceleradamente.

Mesmo que já tenha sido muito discutido, ainda há muito a ser explorado sobre como essas mudanças – que na verdade são constantes e estão em contínuo processo de renovação –, estão impactando o presente e o futuro no mundo do trabalho.
Inspirado no primeiro episódio de Brothers & Founders (podcast apresentado por Renata e Maurício Betti da Talent Academy), este conteúdo foi criado para você que tem interesse em entender mais sobre o (não tão, mas ainda sim sempre) novo normal e boas práticas para novas lógicas de trabalho!

Entenda o que é o novo normal

Com a pandemia da COVID-19, o distanciamento tornou-se obrigatório em todo o mundo como forma de evitar contágios e transmissões do vírus. Pensando nisso, a vida das pessoas passou por diversas adaptações. Seja no convívio familiar, ou nesse caso especificamente, no ambiente de trabalho. 

Falar sobre o novo normal é falar sobre uma alteração nas lógicas de trabalho, onde houve uma aceleração tecnológica e digital em grande proporção. Como resultado, o trabalho remoto, por exemplo, se tornou uma tendência global, com muitas empresas adotando esse novo modelo para desempenhar suas tarefas cotidianas.

Claro, o trabalho presencial também tem seus benefícios. Alguns deles são a possibilidade de maior proximidade e interação com os colegas de trabalho, além da coesão e sinergia de esforços simultâneos. Mas não podemos limitar o trabalho home office, que ao contrário do que muitas pessoas pensam, também pode trazer ótimos resultados. 

Em geral, trabalhar remotamente permite que os colaboradores desenvolvam seus próprios projetos com mais autonomia, dinamismo e liberdade, além de otimizar os processos. No “novo normal” percebe-se que os escritórios já não contam mais com aquela vasta quantidade de colaboradores. O que consequentemente, pode reduzir aglomerações e minimizar o impacto de certos acidentes.

O melhor de tudo é notar que o modelo de trabalho remoto é eficiente por promover uma quebra de paradigmas que estão instalados principalmente em empresas convencionais. Organizações estas que fazem com que seus times se sintam sobrecarregados, controlados e pressionados por seus gestores.

É por isso que a felicidade no ambiente corporativo é um fator que influencia diretamente na capacidade de evolução profissional de cada colaborador. Com o novo normal, novas propostas se estabelecem e o mundo passa a precisar ser mais adaptável. Afinal, o futuro chegou e tem que ser vivido agora!

Mundo VUCA e a gestão de pessoas

O que é o mundo VUCA? 

O conceito de mundo VUCA foi criado no começo da década de 1990, em um cenário mundial que saía da polarização da Guerra Fria. Em meio às conturbações do momento pós-guerra, o exército dos Estados Unidos precisava desenvolver um planejamento estratégico de liderança com o objetivo de auxiliar os oficiais a enfrentar essa situação.

Apesar do termo ter surgido originalmente no contexto acima, ele tem sido amplamente utilizado em outras áreas, incluindo negócios e gestão. Frequentemente, é usado para descrever as condições de um mercado ou ambiente de negócios que apresenta mudanças rápidas e imprevisíveis, onde é difícil antecipar o futuro ou tomar decisões claras. Assim, o conceito VUCA também é adotado para orientar o planejamento estratégico e de liderança de empresas.

Vamos entender os pilares do termo? VUCA é um acrônimo composto por quatro palavras da língua inglesa:

  • Volatility (Volatilidade);
  • Uncertainty (Incerteza);
  • Complexity (Complexidade);
  • Ambiguity (Ambiguidade).

A volatilidade se refere às adaptações que serão feitas ao longo do caminho (de um empreendedor, gestor, colaborador, organização, etc.) no novo normal. Assim, se o mundo é volátil, incerto, complexo e ambíguo,  significa que, nessa mesma ordem, ele está em processo constante de mudança, o que também pode gerar  preocupações e desafios.

Mundo VUCA e o novo normal

No caso do contexto pós-pandemia, o novo normal está relacionado ao cenário de preocupações e adaptações que poderiam acontecer. Também é importante mencionar que a ambiguidade ocorre porque não existe apenas uma resposta certa para tudo o que ocorre no cenário histórico mundial, certo?

Pensando nisso, a demanda de agilidade e flexibilidade nas empresas tende a crescer cada vez mais. Com isso, você também precisará se adaptar. É necessário que haja um planejamento e que a cultura do propósito norteie a estrutura das organizações com base na confiança estabelecida entre líderes e colaboradores. 

Se você chegou até aqui, deve estar se perguntando como é possível criar uma relação de liberdade e confiança estando distante dos colaboradores, não é mesmo?  

Bom, quando nós temos autonomia e propósitos bem definidos, além do incentivo e estímulo ao conhecimento da nossa equipe, executamos boas práticas para o novo normal. Conheça algumas delas abaixo.

Algumas boas práticas para o novo normal

Treinamentos digitais

Empresas que fornecem treinamentos online para os seus colaboradores aguçam a capacidade de motivação dos mesmos, gerando mudança de comportamento e confiança para chegar nos resultados esperados e concluir novos desafios propostos pelos líderes das equipes. 

Comunicação interna

Para que a efetividade do trabalho seja concluída de maneira produtiva, é essencial que a gestão da comunicação interna funcione bem, já que a aproximação dos colaboradores é um dos pilares mais importantes da empresa. 

As redes sociais corporativas são um bom modelo para reuniões, além da promoção de dinâmicas para estabelecer maior relação de proximidade entre o time, para que nenhum membro da equipe se sinta inseguro e/ou vulnerável.

Comunicação e estímulos geram impactos positivos e resultados

Simon Sinek, autor de best-sellers como Comece pelo Porquê, nos traz a visão de que a comunicação e os estímulos geram resultados e impactos positivos, nos ajudando a entender a importância de ter propósito nas organizações. 

Empresas que oferecem os recursos para inspirar pessoas a fazerem aquilo que mais as motiva, agregam valor para a sociedade. 

Portanto, é importante se questionar sempre: diante do novo normal, qual é o papel da sua empresa?

Conclusão

Com base nas considerações feitas acima, podemos concluir que empresas que têm uma relação forte mas humanizada com a tecnologia se diferem das demais neste sentido. 

E a capacidade de cada colaborador se reinventar, descobrindo e aplicando seu propósito no mundo gera otimismo, maestria e flexibilidade. 

E aí, vamos ser mais adaptáveis?

No novo normal,

Sejamos todos os líderes que gostaríamos de ter!

simon sinek

E aí, quer saber mais sobre como a aceleração da transformação digital vêm trazendo uma mudança de paradigmas para o mundo pós-pandêmico? Qual o futuro da gestão de pessoas?

O que as empresas e os setores de RH já estão fazendo e quais serão suas referências? Como a pandemia está definindo o propósito corporativo? Qual o real papel, hoje, de uma organização?

Descubra tudo isso e ainda mais conferindo o episódio completo! O podcast encontra-se disponível no Spotify e muitas outras plataformas de áudio, assim como no Youtube:


Curtiu o conteúdo? Compartilhe com quem possa se interessar e aproveite para conhecer a talent academy!

Cadastre-se

Se inscreva para receber as novidades da Talent Academy em primeira mão diretamente em seu e-mail

Conheça a solução
Assessment do Propósito

Entenda a fundo o perfil comportamental do seu time e desvende todo o seu potencial com o único assessment do mercado inspirado no ikigai

Saiba mais

A solução completa para o sucesso de colaboradores e empresas

Plataforma digital: ferramentas inteligentes para toda a jornada do colaborador

Programas de desenvolvimento: abordagem consultiva especializada e personalizada

Saiba mais

Posts Relacionados

Propósito e motivação no trabalho | Talent Academy blog | Imagem: Freepik

Propósito no trabalho: como e por que motivar sua equipe através dele?

Propósito no trabalho: como e por que motivar sua equipe através dele? Quem nunca se…

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso | Blog da Talent Academy (Imagem: Freepik)

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso

Autonomia no trabalho é chave para motivação e sucesso Você sabia que a autonomia no…

O que é a motivação no trabalho? | talent academy blog

O que é a motivação no trabalho?

O que é a motivação no trabalho? Para entender sobre motivação no trabalho, precisamos começar…

Gen Z e competências: dados sobre soft skills em diferentes gerações

Pesquisa da Talent Academy indica que a Gen Z pontua menos para habilidades como flexibilidade…

Pronto(a) para transformar a gestão de pessoas na sua organização?

#01: O Novo Normal – O futuro da gestão de pessoas já chegou!

O (não tão) novo normal: o futuro da gestão de pessoas já é hoje

O (não tão) novo normal: o futuro da gestão de pessoas já é hoje

Você já parou para pensar em como a pandemia influenciou a transformação da área de RH e da gestão de pessoas? E também, em como influenciou qual o papel, hoje, de uma organização? O futuro do trabalho e da gestão de pessoas?

O “novo normal” é um termo que surgiu nesse contexto. Se refere às mudanças significativas que ocorreram em nossas vidas diárias e na relação com o mundo, em resposta à crise de saúde global. Inclusive, na esfera do trabalho e em um cenário de acelerada transformação digital.

O tal do novo normal pode parecer um tema já “batido”, pois foi amplamente abordado na mídia e na sociedade em geral desde o início da pandemia. No entanto, é importante notar que, na prática, o “novo normal” ainda é, sim, uma realidade para muitas pessoas. Além do mais, o novo, hoje, está sempre se atualizando. Aceleradamente.

Mesmo que já tenha sido muito discutido, ainda há muito a ser explorado sobre como essas mudanças – que na verdade são constantes e estão em contínuo processo de renovação –, estão impactando o presente e o futuro no mundo do trabalho.
Inspirado no primeiro episódio de Brothers & Founders (podcast apresentado por Renata e Maurício Betti da Talent Academy), este conteúdo foi criado para você que tem interesse em entender mais sobre o (não tão, mas ainda sim sempre) novo normal e boas práticas para novas lógicas de trabalho!

Entenda o que é o novo normal

Com a pandemia da COVID-19, o distanciamento tornou-se obrigatório em todo o mundo como forma de evitar contágios e transmissões do vírus. Pensando nisso, a vida das pessoas passou por diversas adaptações. Seja no convívio familiar, ou nesse caso especificamente, no ambiente de trabalho. 

Falar sobre o novo normal é falar sobre uma alteração nas lógicas de trabalho, onde houve uma aceleração tecnológica e digital em grande proporção. Como resultado, o trabalho remoto, por exemplo, se tornou uma tendência global, com muitas empresas adotando esse novo modelo para desempenhar suas tarefas cotidianas.

Claro, o trabalho presencial também tem seus benefícios. Alguns deles são a possibilidade de maior proximidade e interação com os colegas de trabalho, além da coesão e sinergia de esforços simultâneos. Mas não podemos limitar o trabalho home office, que ao contrário do que muitas pessoas pensam, também pode trazer ótimos resultados. 

Em geral, trabalhar remotamente permite que os colaboradores desenvolvam seus próprios projetos com mais autonomia, dinamismo e liberdade, além de otimizar os processos. No “novo normal” percebe-se que os escritórios já não contam mais com aquela vasta quantidade de colaboradores. O que consequentemente, pode reduzir aglomerações e minimizar o impacto de certos acidentes.

O melhor de tudo é notar que o modelo de trabalho remoto é eficiente por promover uma quebra de paradigmas que estão instalados principalmente em empresas convencionais. Organizações estas que fazem com que seus times se sintam sobrecarregados, controlados e pressionados por seus gestores.

É por isso que a felicidade no ambiente corporativo é um fator que influencia diretamente na capacidade de evolução profissional de cada colaborador. Com o novo normal, novas propostas se estabelecem e o mundo passa a precisar ser mais adaptável. Afinal, o futuro chegou e tem que ser vivido agora!

Mundo VUCA e a gestão de pessoas

O que é o mundo VUCA? 

O conceito de mundo VUCA foi criado no começo da década de 1990, em um cenário mundial que saía da polarização da Guerra Fria. Em meio às conturbações do momento pós-guerra, o exército dos Estados Unidos precisava desenvolver um planejamento estratégico de liderança com o objetivo de auxiliar os oficiais a enfrentar essa situação.

Apesar do termo ter surgido originalmente no contexto acima, ele tem sido amplamente utilizado em outras áreas, incluindo negócios e gestão. Frequentemente, é usado para descrever as condições de um mercado ou ambiente de negócios que apresenta mudanças rápidas e imprevisíveis, onde é difícil antecipar o futuro ou tomar decisões claras. Assim, o conceito VUCA também é adotado para orientar o planejamento estratégico e de liderança de empresas.

Vamos entender os pilares do termo? VUCA é um acrônimo composto por quatro palavras da língua inglesa:

  • Volatility (Volatilidade);
  • Uncertainty (Incerteza);
  • Complexity (Complexidade);
  • Ambiguity (Ambiguidade).

A volatilidade se refere às adaptações que serão feitas ao longo do caminho (de um empreendedor, gestor, colaborador, organização, etc.) no novo normal. Assim, se o mundo é volátil, incerto, complexo e ambíguo,  significa que, nessa mesma ordem, ele está em processo constante de mudança, o que também pode gerar  preocupações e desafios.

Mundo VUCA e o novo normal

No caso do contexto pós-pandemia, o novo normal está relacionado ao cenário de preocupações e adaptações que poderiam acontecer. Também é importante mencionar que a ambiguidade ocorre porque não existe apenas uma resposta certa para tudo o que ocorre no cenário histórico mundial, certo?

Pensando nisso, a demanda de agilidade e flexibilidade nas empresas tende a crescer cada vez mais. Com isso, você também precisará se adaptar. É necessário que haja um planejamento e que a cultura do propósito norteie a estrutura das organizações com base na confiança estabelecida entre líderes e colaboradores. 

Se você chegou até aqui, deve estar se perguntando como é possível criar uma relação de liberdade e confiança estando distante dos colaboradores, não é mesmo?  

Bom, quando nós temos autonomia e propósitos bem definidos, além do incentivo e estímulo ao conhecimento da nossa equipe, executamos boas práticas para o novo normal. Conheça algumas delas abaixo.

Algumas boas práticas para o novo normal

Treinamentos digitais

Empresas que fornecem treinamentos online para os seus colaboradores aguçam a capacidade de motivação dos mesmos, gerando mudança de comportamento e confiança para chegar nos resultados esperados e concluir novos desafios propostos pelos líderes das equipes. 

Comunicação interna

Para que a efetividade do trabalho seja concluída de maneira produtiva, é essencial que a gestão da comunicação interna funcione bem, já que a aproximação dos colaboradores é um dos pilares mais importantes da empresa. 

As redes sociais corporativas são um bom modelo para reuniões, além da promoção de dinâmicas para estabelecer maior relação de proximidade entre o time, para que nenhum membro da equipe se sinta inseguro e/ou vulnerável.

Comunicação e estímulos geram impactos positivos e resultados

Simon Sinek, autor de best-sellers como Comece pelo Porquê, nos traz a visão de que a comunicação e os estímulos geram resultados e impactos positivos, nos ajudando a entender a importância de ter propósito nas organizações. 

Empresas que oferecem os recursos para inspirar pessoas a fazerem aquilo que mais as motiva, agregam valor para a sociedade. 

Portanto, é importante se questionar sempre: diante do novo normal, qual é o papel da sua empresa?

Conclusão

Com base nas considerações feitas acima, podemos concluir que empresas que têm uma relação forte mas humanizada com a tecnologia se diferem das demais neste sentido. 

E a capacidade de cada colaborador se reinventar, descobrindo e aplicando seu propósito no mundo gera otimismo, maestria e flexibilidade. 

E aí, vamos ser mais adaptáveis?

No novo normal,

Sejamos todos os líderes que gostaríamos de ter!

simon sinek


E aí, quer saber mais sobre como a aceleração da transformação digital vêm trazendo uma mudança de paradigmas para o mundo pós-pandêmico? Qual o futuro da gestão de pessoas?

O que as empresas e os setores de RH já estão fazendo e quais serão suas referências? Como a pandemia está definindo o propósito corporativo? Qual o real papel, hoje, de uma organização?

Descubra tudo isso e ainda mais conferindo o episódio completo! O podcast encontra-se disponível no Spotify e muitas outras plataformas de áudio, assim como no Youtube:


Curtiu o conteúdo? Compartilhe com quem possa se interessar e aproveite para conhecer a talent academy!