Embora infelizmente não seja uma realidade para toda a população, dependendo da função exercida, organizações Brasil afora vêm adotando o home office como medida preventiva para evitar os riscos de transmissão do novo coronavírus (Covid-19) ao reduzir aglomerações – seja no próprio ambiente de trabalho, na rua, no transporte público. Como uma startup de tecnologia, essa alternativa não nos é somente viável mas também já é parte do nosso dia a dia.

Nem toda organização, no entanto, está preparada para tal modelo remoto, e nem todo mundo está acostumado a trabalhar em casa, especialmente no cenário de instabilidade que estamos vivendo hoje. Esse momento pode, porém, ser uma oportunidade para as organizações criarem mais flexibilidade ao quebrar o paradigma de que trabalho é apenas presencial e que as pessoas precisam estar lado a lado para produzir.

Após a leitura de artigos diversos, junto às nossas próprias vivências como time de startup trabalhando em home office, levantamos alguns pontos relevantes que devem ser levados em conta, organizados como dicas básicas destinadas à empresa, seus líderes e seus colaboradores. Vamos lá!

1. Se você é empresa…

Como aplicar o home office – em negócios de qualquer tamanho e mantendo a produtividade – seguindo políticas de isolamento, exame e quarentena:

  • Ofereça infraestrutura adequada ao trabalho remoto: É dever da empresa oferecer os meios de trabalho aos colaboradores para que este seja realizado correta e efetivamente. Equipamentos adequados, boa conexão à internet e outros benefícios precisam ser mantidos em qualquer tipo de jornada. Cabe à empresa e seus gestores mapear possíveis necessidades e dificuldades.
  • Estabeleça meios de comunicação: É essencial combinar com o time a melhor estratégia de comunicação digital, permitindo que gestores e colaboradores estejam alinhados e saibam o que cada um está desenvolvendo. Marque reuniões virtuais periódicas e se coloque à disposição para trocar ideias, sanar dúvidas, dar instruções e auxiliar na adequação. Comunicação é a chave.
  • Confiança é fundamental: Muitas vezes, o home office não funciona por conta da falta de confiança dos próprios gestores. É preciso acreditar na entrega de resultados e, para isso, trabalhar de forma transparente, tirando o foco do controle. Confie nos seus colaboradores e contribua para construir uma cultura de confiança mútua, afinal, o maior e mais precioso ativo nas empresas são justamente suas pessoas e bons relacionamentos no trabalho são fundamentais.
  • Se necessário, reforce a segurança cibernética: É recomendável fornecer uma VPN (Rede Privada Virtual) para que os colaboradores se conectem com segurança à rede corporativa.

2. Se você é líder…

Oriente seu time dando exemplos de habilidades comportamentais não só por meio de palavras, mas de ações. Aproveite para inovar e aprender com este cenário – e anota aí, o home office é o futuro:

  • Tenha, sobretudo, empatia: Tenha o olhar e a escuta atenta para o que seus colaboradores possam estar passando, sentindo ou precisando neste momento. Como a maior parte da população utiliza transporte público para locomoção, recomendar que seu time faça home office pode ser uma boa forma de prevenção ao Covid-19. Também pense nas dificuldades que seus colaboradores podem estar vivendo em relação aos cuidados dos filhos, já que muitas crianças estão em casa por conta de aulas suspensas, respeitando imprevistos nesse contexto de incertezas e se mostrando disposto a conversar e ajudar. Se você tem funcionários(as) domésticos(as), entidades recomendam dispensa remunerada ou fornecimento de equipamentos de proteção individual.
  • Agilidade, flexibilidade e adaptabilidade: São competências-chave e enormes diferenciais para lidar efetivamente com situações imprevisíveis e ser capaz de guiar seu time com sucesso, podendo minimizar prejuízos materiais e emocionais maiores.
  • Seja o mais claro possível ao se comunicar: Assim, maiores as chances de evitar desentendimentos e minimizar os problemas potenciais.
  • Solte sua criatividade: Nesses momentos, buscar soluções alternativas, que estejam fora da caixa, se configuram como diferenciais.

3. Se você é colaborador…

Embora as dicas acima para líderes possam – e devam – ser bem aproveitadas por colaboradores, aqui iremos elencar pontos mais práticos a respeito do home office:

  • Um cantinho adequado: Escolha e arrume o espaço de sua casa em que você pretende trabalhar. Recomenda-se um ambiente silencioso, confortável, iluminado e com temperatura agradável, sem distrações.
  • Organize seu tempo: Faça listas, anote suas tarefas, fique ligado nos prazos de entrega e nos horários de reuniões virtuais.
  • Crianças em casa: Converse com as crianças sobre o novo coronavírus de maneira apropriada, além de deixar claro o que você está fazendo e a importância disso. Se for possível e preciso, faça escalas com quem mais morar na casa ou quem puder ajudar nos cuidados. É válido também lembrar que o trabalho remoto no contexto do Covid-19 pode ser mais estressante que o mesmo fora deste cenário, já que a pandemia traz suas variáveis.
  • Autoconhecimento é tudo: Embora algumas fontes recomendem mesmo em casa manter a rotina de trabalho usual – incluindo roupas –, é a flexibilidade do home office que te ajudará a descobrir qual é seu pico de produtividade e qual sua melhor dinâmica de trabalho, permitindo que você entenda como pode dar o melhor de si.

4. Ferramentas (muito) úteis para você e seu time

Use sem dó:

  • Outros: Chrome Remote Desktop: Esse app pode ser instalado em seu navegador ou smartphone e permite que você acesse, de forma remota, o seu computador de trabalho.

Gostou?

Lembre-se que passar a quarentena em casa é um privilégio, e por isso quem pode, deve fazê-lo, não só por si mesmo mas para o bem coletivo, afinal, a pandemia é um problema de todos nós, e é de nossa responsabilidade social ter o devido cuidado e respeito para não expor outras pessoas aos riscos do novo coronavírus. Não negue a situação, nem entre em pânico: mantenha-se informado. Nessa fase, também não se esqueça de comer bem, dormir bem, se exercitar, conversar com os amigos – esse período pode ser solitário, então não deixe de cuidar da sua saúde mental, tão importante quanto a integridade física.

Fontes:

Avanço do coronavírus: home office sem perder produtividade e concentração

O home office como saída contra contaminações do coronavírus

Coronavírus: 5 passos para implementar o trabalho remoto

Como a crise de saúde tem mudado a rotina das startups

Coronavírus incentiva mudanças imediatas nas empresas

Vai fazer home office por causa do coronavírus?

4 Comments

Leave a Comment

📍 Cubo
📞 +55 11 99810-2295 
📧 contato@talentacademy.com.br

Quer ficar por dentro dos conteúdos e novidades da Talent Academy? Se inscreva gratuitamente abaixo: